Ir para conteúdo

Fã de Prass, Kaíque pede ajuda pra curar doença rara

Palmeirense desde o dia em que nasceu e fã incondicional do goleiro Fernando Prass, o pequeno Kaíque Pedroso Flores, de apenas 6 anos, precisa da ajuda da Família Palmeiras e de todos os apaixonados por futebol, pois em situações como a dele não há espaços para rivalidades clubísticas. E o apelo deve-se a um duro golpe que a vida lhe impôs: uma doença rara que repentinamente lhe deixou tetraplégico. Kaique

Diagnosticado, há um ano e um mês, com encefalite e mielite flácida aguda – enfermidade neurológica que causa fraqueza nas extremidades do corpo e paralisa -, Kaíque esteve cinco meses internado na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) do Hospital Paulo Sacramento, em Jundiaí, entre a vida e a morte.

Porém, superou um período em coma e recebeu alta médica. Há oito meses em casa, o menino e seus pais, o vendedor Renan Oliveira Flores, de 29 anos, e a dona de casa Patrícia Pombal Correia Pedroso, de 28, descobriram em consultas com a neurologista Maria de Fátima Bifano, de São José do Rio Preto, que a doença tem cura. Porém, a medicação (Sygen 100 mg) para o tratamento todo – com duração de três meses – custa R$ 45 mil.

Com a ajuda da médica, Renan e Patrícia conseguiram algumas amostras grátis do remédio, que já faz Kaíque balançar as pernas. Cheios de esperança em ver o filho completamente recuperado, mas sem condições financeiras de arcar com todo o custo do remédio, eles criaram uma conta no site vakinha.com.br para obter o dinheiro e iniciaram a campanha ‘De volta à vida’.  A vaquinha teve início em 19 de agosto e segue até 30 de setembro.

“Até descobrirmos a existência desse remédio vivíamos angustiados e um dia de cada vez. Hoje, apesar de ainda não termos o dinheiro, temos esperanças de receber a cura dele como presente de Natal. Esse também é pensamento da doutora Maria de Fátima. Ela está bem otimista”, conta o vendedor, que também abriu uma conta corrente para receber doações.

Renan explica que a recomendação médica é para que o fã de Fernando Prass tome duas doses do remédio por dia. Entretanto, como a família conta apenas com as amostras grátis, Kaíque tem ingerido somente uma dose por dia. Ainda de acordo com o pai, cada caixa do medicamento custa em torno de R$260,00. “Em cada caixinha vem só uma ampola. Ou seja, seriam R$520,00 gastos diariamente”, acrescenta o vendedor, que tem mais dois filhos com Patrícia, de 5 e 3 anos.

TORCICOLO E VÔMITO

KaiqueIIA transformação na vida do pequeno palmeirense ocorreu em julho de 2016. Renan conta que entre os dias 6 e 7 daquele mês, Kaíque começou a se queixar de fortes dores no pescoço. Sem imaginar o tamanho do problema, ele levou o filho para diversas consultas no Hospital Santa Cecília, na Capital.

“O problema é que os médicos não descobriam a doença e sempre diziam que era uma torcicolo. Isso se repetiu até o dia em que ele começou a vomitar. Aí a médica decidiu interná-lo. No dia seguinte, o meu filho acordou já sem mexer o braço direito”, recorda o pai.

Sem o diagnostico conclusivo, os médicos transferiram o alviverde mirim para a UTI do Paulo Sacramento. Lá, a criança, depois de vencer o coma, passou por cirurgia estômago, passou a se alimentar por sonda e ficou dependente de ventilação mecânica.

“Hoje o Kaíque está super consciente e interage normalmente. Ele reagiu muito bem ao medicamento. O remédio aumentou a força e os estímulos dele. O único problema é estar tetraplégico. Por isso pedimos qualquer ajuda financeira, pois será muito importante pra ele e pra toda a família”, diz Renan.

PRASS ARTILHEIRO

A admiração pelo goleiro Fernando Prass começou após a cobrança do pênalti na final da Copa do Brasil de 2015, contra o Santos, que sagrou o Palmeiras Tricampeão da competição. “Depois daquele dia, o Kaíque sempre quis ser o Prass. Até quando jogava no ataque ele dizia que era o Prass”, conclui Renan com bom humor. KaiqueIII

Para ajudar o pequeno palmeirense, basta acessar a campanha (clique aqui) e fazer a sua doação. Ou, se preferir depositar o dinheiro na conta corrente da família, segue os números abaixo:

Banco: Bradesco
Agência: 2484
Conta Corrente: 26400-8
Nome: Renan Oliveira Flores
CPF: 366.483.938-23

Leia mais:

>> Tristão Garcia vê Palmeiras perto da Libertadores
>> Raio-X: conheça o perfil de Emerson Santos
>> Evair revela convite para treinar base do Palmeiras

>> Curta a nossa página no Facebook: OlePalmeiras
>> Siga o nosso perfil no Twitter: @ole_palmeiras

Anúncios

Ocasionalmente, alguns dos seus visitantes podem ver um a

Olê Palmeiras Ver tudo

O blog alviverde que canta e vibra

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: